sábado, 21 de agosto de 2010

SENTE!!!

Sou os contornos do  desejo,
modelado pelo poente.
SENTE !!!
O silêncio são  apenas sílabas dispersas,
neste grito  de nós,
em que a vitória do eco,
vence a voz...

Maria Augusta Loureiro
Margusta
* Reservados todos os direitos de autor

8 comentários:

hera mariana disse...

"SENTE!!!"
"DA SIMT, EU SIMT!!!"
Un pupic de la Mariana Hera.

Sonhadora disse...

Minha querida Margusta
Um poema lindo muitos sentido.
Adorei.

beijinhos com carinho
Sonhadora

Maria disse...

Sente, é claro que sente. Esteja onde estiver, o eco chega lá!

Beijo, Margusta.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Maria Augusta, gosto da fotografia e do poema...Espectacular....
Cumprimentos

Lilá(s) disse...

Senti, um lindo poema!
Bjs

Magia da Inês disse...

♥Olá, amiga!
Ficou lindo!...
Que delicadeza...amei!!!
Boa semana!♥
Beijinhos.
Dila
Itabira♥
♥♥♥ Brasil

Mar Arável disse...

Sente-se

Graça disse...

Como gosto de te ler!


Beijo, querida amiga.