terça-feira, 19 de maio de 2009

Mergulho Azul



Acrilico S/Tela 60X100 * para ver bem clicar em cima da imagem*



Comecei a pintar ao acaso, mas aos poucos acabei por me ir inspirando no poema "Sonho Azul" do Poeta Albino Santos.

Sonho Azul

Viajo na liberdade do meu sonho,
sussurro quente do azul
onde me deito.
Polvos e medusas desnudam o meu sono,
levam-me submerso
através do azul liquefeito,
até ao virginal desabrochar das pérolas

O sonho incendiado, floresce na bruma
abrindo caminho no azul que me transporta
ao teu ventre de abismo bordado de corais.

No aroma inebriante dos mares nocturnos,
a realidade sucumbe à fantasia.
Bebo a cor do mar,
adormeço na invisibilidade da vida,
e desperto no respirar de uma concha…


Albino Santos / in "Madrugada sem Fronteitas"
da edium editores

4 comentários:

Isamar disse...

Mãos de artista, sensibilidade apurada,um bom sentido estético.

Tela muito bonita.

Bem-hajas!

Beijinhos muitos

Anónimo disse...

Olá amiga, está lindo este teu trabalho.Gostei muito das cores, muito mesmo!Gosto muito dos teus abstratos. O poema que ilustras também é muito belo.Um dia deses ligo-te.
Beijinhos da tua amiga Florbela.

A.S. disse...

Querida Margusta,

Todas as cores
pintam as palavras,
aqui, neste mergulho azul,
rumo a um arquipélago
de sonhos e de saudades!...


Ternos beijos...

margusta disse...

Amiga Isabel,

..o meu tempo tem sido muito pouco para os blogs, e neste momento encontro-me envolvida em outros espaços de pintura que exigem tb a minha atenção, por isso só hoje passei para te deixar um beijinho e ler-te. Com tristeza , reparei que todos os teus espaços foram fechados...

Espero que estejas bem e que voltes!!!

Assim como espero que passes por aqui e recebas o bejo que te deixo e o meu MUITO OBRIGADA!!!!